© 2014 - Website Petropolitano Foot-Ball Club - Todos os Direitos Reservados. Criação IFS - Ideas For Sports

Telefone: Sede Social (Centro) 24 2242-4949 

                  Sede Esportiva (Valparaíso) 24 3302-2001

                  Whatsapp:  24 99289-0380

  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic
Siga-nos

04/07/2017

Please reload

Notícias Recentes

Petrô completa seu aniversário de 104 anos

03/07/2015

 

No dia 04 de julho de 1911 foi fundado o nosso querido Clube graças ao entusiasmo de um grupo de doze rapazes interessados em dispor de um Clube onde pudessem jogar o Futebol, esporte praticamente desconhecido na época na Cidade Imperial.

Reunidos na antiga Casa Max Meyer, onde atualmente está localizado o Edifício Minas Gerais, na Rua do Imperador, em meio a uma vibração contagiante, constituíram a primeira Diretoria que teve como seu Presidente eleito, Eugênio Lopes Barcellos  e como Vice-Presidente, Luiz Quirino de Magalhães.

Nenhum daqueles doze rapazes poderia imaginar o alcance e a grandeza que o Clube alcançaria. O Petropolitano segue hoje forte e sólido, mantendo o título de maior vencedor de Petrópolis.

 

"Neste sábado o Petrô estará completando o seu 104º aniversário e esta data festiva se apresenta como de suma importância  para os seus Conselheiros, Diretores, Associados, Atletas e Colaboradores, responsáveis por mantê-lo cada vez mais vivo, desenvolvendo intensamente, durante esta longa trajetória, as suas atividades.

O aniversário do Petropolitano Foot-Ball Club não se limita apenas ao fato do Clube completar cento e quatro anos de existência. É preciso valorizar os seus feitos  que, mesmo com uma série de dificuldades, segue perseverante levando o seu nome e o de Petrópolis por onde quer que vá, e, na maioria das vezes, trazendo na bagagem muitos elogios por ser uma Agremiação  que ainda segue atuante, organizada, disciplinada e vitoriosa".

 

Doze dias após  a sua fundação, o Petropolitano Foot-Ball Club iniciava a trajetória de um Clube predestinado a ser vencedor, ganhando de forma categórica por 5 a 0 da forte equipe do Colégio São Vicente.

Inaugurou em 03 de setembro, a sua primeira Praça de Esportes na Terra Santa, atual rua Visconde de Itaboraí, jogando e perdendo por 3 a 1 para a equipe carioca do Roxura F. C., formada por jogadores do Fluminense F. C. Este local viria mais tarde pertencer ao Serrano Futebol Clube.

A segunda vitória de vulto foi conseguida em 31 de dezembro contra o Esporte Clube Americano, tida como a terceira equipe mais forte do Rio de Janeiro, pelo placar de 7 a 0.

Em 26 de maio de 1912 estreou no Campeonato promovido pela Associação de Futebol do Rio de Janeiro, empatando com o Internacional por 1 a 1.

Desta forma, o Petropolitano tornava-se uma dos fundadores da primeira Federação de Futebol dos Clubes cariocas.

A transferência de um jogo pelo Campeonato Estadual com o Botafogo F. R., no Rio de Janeiro,  provocou a saída do Clube da competição, após decisão da sua Diretoria.

O Clube retomou intensamente as suas atividades a partir de 20 de julho de 1920  quando na Assembléia Geral de Reorganização foi eleito para Presidente, Arthur Sá Earp Filho, e para Vice-Presidente, Eugênio Lopes Barcellos, primeiro Presidente do alvinegro. A partir deste momento, com todos os seus abnegados colaboradores unidos, reavivaram a chama de um ideal que perdura intensamente até os nossos dias.

A estréia oficial do Petropolitano Foot-Ball Club no Campeonato Municipal de Futebol, promovido pela Liga Petropolitana de Desportos, ocorreu em 24 de abril de 1921, com duas vitórias, primeiro e segundo quadros, sobre o Cristóvão Colombo F. C., Clube de Petrópolis, já extinto.

Em 17 de dezembro de 1921, foi realizado o primeiro baile do Clube, em homenagem aos jogadores de futebol que conquistaram o vice-campeonato dos Certames Municipais dos primeiros, segundos e terceiros Quadros.

 

 

O Clube continuava crescendo, mas a grande preocupação da Diretoria continuava a ser o seu Campo de Futebol que não atendia aos requisitos mínimos exigidos pela Liga Petropolitana de Desportos para a disputa dos Campeonatos Municipais, pois estava situado em um terreno escavado pelas águas, em acentuado declive.

 

Graças aos esforços do Presidente Sá Earp Filho e ao Dr. Arnaldo Guinle, Presidente da Companhia Brasileira de Energia Elétrica, proprietária do terreno na Avenida Portugal, o Clube adquiriu a sua posse e no dia 19 de março de 1922 inaugurou o Estádio Carlos Guinle jogando contra o Fluminense F. C., perdendo por 5 a 0.

 

Em 7 de janeiro de 1923, com uma vitória de 6 a 2 sobre o S. C. Internacional, o Petropolitano Foot-Ball conquistava o primeiro título oficial da sua história: Campeão Municipal dos 3º quadros.

Em 1924, 1925 e 1926 conquistou de forma invicta os Campeonatos Municipais dos 1º Quadros, tornando o primeiro tricampeão municipal.

A partir da década de 1930, outras modalidades passaram a ser desenvolvidas no Clube e as conquistas foram acontecendo em competições municipais e estaduais. Assim foi com o Atletismo, Basquetebol, Voleibol e o Tênis de Campo.  

A partir de 1940 outras modalidades foram surgindo, entre elas, o Tênis de Mesa, Ciclismo, Dama, Xadrez e o Hóquei.  

Em 21 de abril de 1979 foi inaugurado o seu Ginásio Poliesportivo e que tem o nome do saudoso Presidente José Borzino, um entusiasta do Clube, dirigente e desportista incansável. O Ginásio José Borzino foi e continua sendo palco de eventos esportivos e conquistas memoráveis do alvinegro no Basquetebol, no Futsal e no Voleibol.

 

São sete as modalidades de Esporte desenvolvidas no Petropolitano, envolvendo aproximadamente 500 atletas nas suas vinte e uma equipes de competição que defendem as cores alvinegras em Certames Municipais, Estaduais e Nacionais. São elas: Futebol, Futsal, Futebol de Mesa, Basquetebol, Handebol, Voleibol e Tênis.

O Departamento de Esportes do Clube iniciou em maio de 2009, o seu Projeto de Responsabilidade Social, destinado a propiciar às crianças e aos jovens, na faixa etária dos dez aos dezessete anos de idade, a oportunidade da prática do Esporte que melhor lhe convier, independentemente do seu potencial técnico. Ao mesmo tempo desenvolve entre os alunos, através dos Instrutores do Departamento de Esportes, o aprendizado de princípios e conhecimentos de disciplina, de respeito, de companheirismo e de cidadania, indispensáveis à formação pessoal e à inserção social da juventude petropolitana. Hoje, mantido com recursos próprios, o Projeto se constitui numa das maiores realizações na Área de Ações Sociais em nossa cidade, motivo de orgulho de toda a família alvinegra.

As aulas são desenvolvidas em algumas Comunidades de Petrópolis e na Sede Esportiva do Valparaíso, atendendo a mil e duzentos alunos inscritos.

 

 

Em 2011, o Clube viveu um ano especial com muitas realizações, comemorações e conquistas marcando o    seu Centenário. Foram inúmeras as homenagens prestadas aos Conselheiros, Diretores, Associados e Colaboradores nas Sessões Solenes do Conselho Deliberativo e Conselho Diretor. Eventos esportivos com a temática do Centenário, envolvendo os atletas do Clube e os alunos das Escolas Internas e do Projeto de Responsabilidade, foram realizados no Estádio Carlos Guinle e no Ginásio José Borzino. A Caminhada Festiva pelo Centro Histórico, com a participação de Conselheiros, Diretores, Associados, Atletas, Colaboradores e Convidados foi outro momento marcante das festividades. A Missa em Ação de Graças, realizada na Catedral São Pedro de Alcântara e a Sessão Solene do Clube de Poesias marcaram as atividades religiosa e cultural. As conquistas em Campeonatos Municipais com as equipes de Futebol e de Futsal também foram inúmeras, culminando com a conquista do Troféu Eficiência, premiação efetuada pela Liga Petropolitana de Desportos. Sediou no Ginásio José Borzino, o V Campeonato Brasileiro de Futebol de Mesa, conquistando a equipe alvinegra o título de campeão brasileiro da modalidade na Série Prata. Antes, em abril, já havia conquistado em São Paulo, o Campeonato Brasileiro de Masters.

Mantém em visitação constante a sua Sala de Troféus, expondo o seu acervo enorme de troféus, medalhas e placas conquistadas nesta sua extraordinária trajetória de Clube vencedor.

O Centro de Memórias coloca à disposição dos interessados em reviver ou  conhecer um pouco mais da sua extraordinária história, um vastíssimo material documental, entre eles, a Ata de Constituição do Petropolitano Foot-Ball Club; a foto do 1º jogo público de futebol realizado em Petrópolis, datado de 02/01/1905, entre o Petropolitano que antecedeu ao Petropolitano Foot-Ball Club atual, e o Club Sportivo Petropolitano, realizado no Morro da Igreja, a carteira da Liga Petropolitana de Sports de Gabriel Froés, inscrito em 10 de março de 1922 como jogador de futebol pelo Clube,  as visitas de João Havelange e de Jules Rimet, Presidentes da FIFA, às Sedes Social e Esportiva; os quadros com as fotos do octacaideca campeão em Basquetebol, representando 18 campeonatos seguidos conquistados; as mesas e fotos do mais famoso jogador de xadrez brasileiro, o Mequinho, que disputou e venceu o Torneio Interzonal na Sede Social, em 1973; os documentos, o material da Imprensa, os livros, as revistas, as flâmulas e mais de dez mil fotos que registram os momentos e os acontecimentos deste Clube fantástico e também da história esportiva, social e cultural de Petrópolis. 
 

Délio Kronemberger, Vice Presidente de Esportes do Clube e grande incentivador para manter a história viva do centenário alvinegro conversou conosco sobre essa data em especial.

 

"Neste sábado o Petrô estará completando o seu 104º aniversário e esta data festiva se apresenta como de suma importância  para os seus Conselheiros, Diretores, Associados, Atletas e Colaboradores, responsáveis por mantê-lo cada vez mais vivo, desenvolvendo intensamente, durante esta longa trajetória, as suas atividades.

O aniversário do Petropolitano Foot-Ball Club não se limita apenas ao fato do Clube completar cento e quatro anos de existência. É preciso valorizar os seus feitos  que, mesmo com uma série de dificuldades, segue perseverante levando o seu nome e o de Petrópolis por onde quer que vá, e, na maioria das vezes, trazendo na bagagem muitos elogios por ser uma Agremiação  que ainda segue atuante, organizada, disciplinada e vitoriosa".

 

"Esta data festiva constitui-se como um grande momento de reencontro e de união entre todos os componentes da imensa família alvinegra. É tempo para relembrar a sua história gloriosa e enaltecer os feitos e a importância do nosso querido Clube, verdadeiro patrimônio de nossa cidade e que apesar das inúmeras dificuldades e obstáculos, continua mantendo as suas atividades, apoiando o Esporte Amador e colaborando decisivamente na formação da juventude petropolitana. Os eventos que  ocorrerão durante os meses de julho e agosto com certeza marcarão com muita alegria o aniversário do nosso Petrô". Complementou o dirigente.

 

Tags:

Please reload

  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic